Moradores de 25 bairros de Palmas serão testados na segunda etapa da pesquisa por amostragem do Ibope

Moradores de 25 bairros de Palmas serão testados na segunda etapa da pesquisa por amostragem do Ibope

A segunda rodada da pesquisa e testagem por amostragem feita pelo Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (Ibope), que está mapeando o contágio da Covid-19 em Palmas, será iniciada nesta quinta-feira, 04. O trabalho desta etapa, que percorrerá 25 bairros das regiões Norte e Sul da Capital, irá até o dia 06 de junho. A expectativa da instituição é testar 250 moradores nesses locais para a Covid-19. Caso o número não seja atingindo, a análise pode demorar mais dias para ser concluída.

O trabalho terá o apoio de nove profissionais do instituto e terá também o acompanhamento técnico de uma enfermeira. Todos da equipe de pesquisa já foram testados para a Covid-19 e estão saudáveis. Os servidores usarão os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para a realização dos testes em domicílio.

Conforme o Ibope, o trabalho ocorre com a visita nas casas. No entanto, é realizado um sorteio eletrônico para saber qual residência e qual morador, de um desses 25 bairros, será escolhido para a testagem. O exame só acontece com a permissão do morador, que assinará um Termo de Consentimento e terá uma gota de sangue da ponta do dedo coletada, que será analisada em poucos minutos. Não há idade para o teste, neste caso, pode ser testado desde um bebê até o idoso. Mas em menores, o procedimento só ocorrerá com a autorização do responsável.

O exame demora em torno de 15 minutos para ficar pronto e, enquanto aguarda, a pessoa sorteada terá que responder um questionário para informar o estado de saúde que se encontra. Caso o morador tenha o resultado positivo, todo o núcleo da família será testado.

No Tocantins, as cidades escolhidas para participar da rodada de testagens foram Palmas, Araguaína e Gurupi. A empresa responsável por aplicar as entrevistas e, ao mesmo tempo testar a população, é a Sirius Pesquisa, da Bahia, terceirizada pelo Ibope.

“Nesta etapa, já estamos em contato com a Polícia Militar para a instituição ficar ciente sobre a pesquisa. Na primeira etapa, algumas pessoas ficaram com medo e fizeram denúncias para a PM, então agora já comunicamos para ter esse respaldo”, ressalta o Ibope.

A pesquisa ainda terá uma terceira etapa, que será realizada 14 dias após o término da segunda. O objetivo é atingir a meta de 99.700 pessoas, que devem ser testadas em todo País. A amostragem está sendo realizada em 133 municípios brasileiros. “Queremos avaliar a evolução e a incidência do vírus. É uma forma de ver como o vírus está se comportando no município e também uma maneira de estudar a doença e traçar novas diretrizes, protocolos e combate ao novo coronavírus”, reforça o instituto.

Fonte: Secom

Foto: Raiza Milhomen

Comentários do Facebook

Redação