Pandemia: a necessidade de cuidados com a saúde mental

Pandemia: a necessidade de cuidados com a saúde mental

De acordo com a Organização Mundial da Saúde o conceito de saúde mental é considerado um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doenças ou enfermidades. O Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) alerta sobre a importância de cuidar da saúde mental principalmente em tempos de pandemia.

O Médico Psiquiatra e Coordenador Geral da Unidade de Saúde Mental (USM) do Hospital Geral de Palmas, Wordney Camarço explica  que “nós fomos surpreendidos com esta pandemia, situação que mudou totalmente a estrutura de vida que éramos acostumados a levar. A nossa rotina sempre foi e continua sendo muito corrida. Neste contexto de pandemia nós temos a oportunidade de olhar para dentro de nós. Começamos a valorizar coisas que nós não estávamos valorizando como a presença da família”, afirmou.

Ainda segundo o especialista, é importante “não praticar catastrofismo (acreditar no pior, no desastre) e não aumentar o sofrimento, gastar energias desnecessariamente. Nos casos mais delicados e de difícil controle,  oriento procurar ajuda de um profissional psicólogo ou médico especialista (psiquiatra). Ficar alerta sobre a mudança no padrão, de consumo de bebidas alcoólicas, calmantes, sedativos e outras substâncias psicoativas”, enfatizou.

Outras dicas mencionadas pelo médico são:

-Manter uma rotina com momentos de ocupação e lazer;

– Realizar atividades físicas;

– Cuidar da alimentação, tendo opções saudáveis em casa;

– Não se isolar; manter-se socialmente (virtualmente) conectado e procurar suporte familiar;

-Evitar consumir muita informação (pode ser fake) sobre Covid, selecionando fontes adequadas e confiáveis.

-Praticar atividades de relaxamento;

 -Aqueles que forem adeptos de um credo religioso, praticá-lo, exercitá-lo

Fonte: Secom-TO

Foto: Reprodução

Comentários do Facebook

Redação