Rede Municipal de ensino de Gurupi terá retorno escalonado de aulas presenciais

Rede Municipal de ensino de Gurupi terá retorno escalonado de aulas presenciais

A Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal da Educação, prevê para o mês de abril, a volta ao ensino presencial escalonado com o formato híbrido, que mistura as aulas online e presencial. A medida foi tomada depois da aplicação de um questionário online para ouvir a opinião da comunidade escolar.

Durante dez dias, pais, professores, servidores e alunos da rede municipal de Educação de Gurupi (SEMEG) opinaram sobre diversos assuntos, dentre eles o formato de ensino na pandemia a ser adotado no município. O resultado apontou que pouco mais de 50% dos entrevistados querem a volta da escola presencialmente. Cerca de três mil pessoas foram ouvidas.

“Tivemos então, um resultado de acima de 50% na perspectiva do retorno presencial de forma escalonada e híbrida. Nós já fizemos uma reunião com os diretores das escolas municipais, na sexta-feira passada, para definir a possível data para esse retorno e já temos um planejamento para esta volta. É claro, que ainda precisamos preparar as escolas, organizar os ambientes, mas, esse retorno se dará em etapas levando ainda em consideração os números da saúde no município”, explicou Amanda Costa, secretária da Educação de Gurupi.

A SEMEG está adotando como critério para esse retorno a divisão por etapas e a faixa etária dos estudantes. Os mais velhos, das séries mais avançadas, serão o grupo a compor a primeira fase do retorno presencial escalonado. “Começaremos pelos alunos maiores levando em consideração que eles têm um domínio maior da tecnologia, do entendimento das regras sobre uso de máscara, da importância do distanciamento e da organização escolar. Depois que estivermos com todos os alunos dessa faixa de idade em sala de aula, vamos retornar com os demais, do 1º ao 5º e só então da Educação Infantil”, disse Amanda.

Segundo a gestora, esse retorno dividido em três fases, vai favorecer a organização dos ambientes levando em conta as medidas de biossegurança contra a Covid-19, a capacitação dos servidores para acolhida dos estudantes durante esta pandemia. Também estão sendo adotadas medidas de prevenção dos servidores que são do grupo de risco, e dos que vão atender alunos que fizerem a opção de não voltar para escola. Esse planejamento por etapas começa em abril, segue até maio e termina em junho. A medida pode ser revogada ou o cronograma de retorno sofrer alterações de acordo com a situação da Covid-19 em Gurupi.

Planejamento 

12/04 = Retornam (6° ao 9° ano)

03/05 = Retornam (1° ao 5° ano)

01/06 = Retorna (toda a Educação Infantil)

Comissão

Em janeiro deste ano uma comissão foi instituída para estudar o formato mais adequado de ensino na rede municipal de educação de Gurupi no ano letivo de 2021, levando em consideração, desde os protocolos de segurança dentro das unidades escolares, quanto nos demais setores pedagógicos, diante da situação da pandemia. Normativas, resoluções e portarias acerca do assunto foram analisadas, antes da aplicação do questionário.

Segundo a secretária, todos os protocolos de segurança e proteção contra a Covid estabelecidos na portaria nacional baixada pelo Ministério da Educação (MEC) serão adotadas para esse modelo de ensino. As medidas também serão embasadas nas normativas dos Conselhos Estadual e Nacional da Educação. 

Secom Gurupi

Comentários do Facebook

Redação