Presidente da Câmara de São Salvador terá que devolver mais de R$14 mil aos cofres públicos

Presidente da Câmara de São Salvador terá que devolver mais de R$14 mil aos cofres públicos

Foto: Thiago Wahlbrink

MPTO firmou acordo para devolução de valores de diárias referentes a 2020.

No dia 24 de setembro o MPTO, por meio do Promotor de Justiça de Palmeirópolis, firmou o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o candidato a vice-prefeito pelo PV e presidente da Câmara Municipal de São Salvador do Tocantins, vereador Marcos Pereira Martins, conhecido como Marquinhos. 

O acordo é referente à diárias de viagem e despesas de gabinete usadas indevidamente pelo vereador no ano de 2020, com valor correspondente a R$ 14,5 mil. 

Marquinhos é vereador desde de 2012, atual presidente da Câmara e candidato a vice-prefeito pela coligação “A Força do Bem”, chapa do atual prefeito, André Borba, do partido Democratas.

A TAC instituiu a pagamento de uma primeira parcela de R$ 1.000,00 no dia 4 de outubro, já realizada pelo candidato, e outras seis parcelas de R$ 2.250,00 entre os meses de novembro de 2020 e março de 2021. O recurso será destinado ao Fundo de Modernização Funcional do Ministério Público do Tocantins (Fump).

Comentários do Facebook

Redação